© 2019 SD Group

Powered by Adaptma

  • SD Positivo

A inadimplência no Brasil: A culpa é da crise?

Atualizado: 5 de Ago de 2019

O número de inadimplentes divulgado em Ago/18 pelo (SPC) é de 63,6 Milhões de pessoas (30,62% da população do país ou 42% da população adulta).

A culpa é da crise

Paralelamente, realizamos uma pesquisa para avaliar como as pessoas pensam na relação Dinheiro X Qualidade de Vida e como fazem ou se fazem algum planejamento financeiro:

63% das pessoas alegam que nunca tiveram o hábito de guardar dinheiro;

34% afirmam que é o dinheiro que controla as suas vidas;

32% dizem não possuir qualquer planejamento financeiro;

36% investem na Poupança por desconhecer outra aplicação.


Desde 2014 o índice de inadimplência vem aumentando, mas não podemos responsabilizar somente a conjuntura econômica como principal causa da inadimplência no Brasil.


A crise trouxe desemprego, queda substancial de renda, descuido com as finanças (levando ao descontrole) e por consequência atraso no pagamento de contas.

A pesquisa acima demonstra que não houve mudança de comportamento e pouco se aprendeu em termos de controle de gastos ou consumo consciente. Acreditamos que se tivéssemos uma cultura voltada para educação financeira esses números poderiam ser menores.

O descontrole financeiro pode causar, depressão, tensão, nervosismo, irritabilidade, insônia, distúrbios de pressão arterial, distúrbios digestivos, enxaqueca, baixa produtividade e queda da qualidade de vida.

Como contornar esse cenário?

Vale investir um tempo no planejamento dos gastos e “pôr ordem na casa”. Isso leva no mínimo 6 meses de esforço para começar a reduzir as dívidas. Lembre-se, quanto mais tempo adiar para mudar esta situação, maior será a “bola de neve”. Agora acredite, a disciplina se tornará um hábito e tudo ficará mais automático. Nesta fase, você vai precisar anotar todos os gastos e os seus ganhos (use uma planilha de orçamento doméstico de fácil entendimento e que demonstre em um gráfico o resumo dos seus gastos).


O baixo investimento em educação financeira explica em grande parte esse comportamento (falta de planejamento financeiro). Pessoas com a vida financeira equilibrada, conseguem estar preparadas para eventuais emergências, planejar o futuro e realizar Sonhos. Isso é o que propomos, melhorar a qualidade de vida e gerar menos problemas, inclusive os de saúde..



21 visualizações